Poema beleza abundante !

30 Abr

Graciosa menina mulher,
o teu rosto tem um ar natural radiante,
que por si só já revela beleza abundante.
E se um dia alguém mais fascinante no mundo houver,
peço que me internem,pois de certo estarei louco,
e prefiro ser preso à tua imagem a viver por aí solto.

Tuas bochechas sempre rosadas,
seja pelo blush,seja porque te encontras envergonhada,
trazem-me à memória o seu jeito ainda tão inocente
de criança que está a tornar-se adolescente.

Os teus profundos olhos negros,
já me revelam certa malícia com teus olhares
as vezes indiscretos,atiçando os rapazes.
Não tens pena de nós?Condenados a este sofrimento?
Talvez a culpa não seja realmente tua,mas…do teu rimel!
Sim,essa máscara para olhos que a deixa ainda mais irresistível.
Pobre de nós,rapazes,destinados a contemplar-te sempre.

Ah mulher!O que dizer de tua carnuda boca?
O baton de cor carmim os fazem bem rubros,
cor do fogo,cor da paixão que tenho por ti e encubro.
Ao ver-te me dá um calafrio,que só eu sinto debaixo da roupa…
Se um dia me beijares,menina,
deixai em mim a tua marca,marca de tua boca divina.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: